Contabilidade e Responsabilidade Social

No contexto da globalização, as organizações passaram por um processo de mudança como consequência das modificações económicas, sociais e políticas que provocaram mudanças na relação entre os cidadãos, em particular, e a sociedade, em geral.

As organizações sentem-se obrigadas a adotar novas estratégias e valores que levam à responsabilidade social e ao desenvolvimento sustentável, tendo em conta os objetivos que pretendem atingir, e sua adaptação às condições e recursos existentes e competências disponíveis.

A concretização de um desenvolvimento sustentável requer a integração dos princípios da Responsabilidade Social Empresarial (RSE) na gestão de qualquer tipo de organização, seja pública ou privada, bem como nas relações com os agentes com os quais interagem. Dados os desafios da sustentabilidade e responsabilidade social para as organizações, a contabilidade pode desempenhar um papel importante, fornecendo informações sobre uma perspetiva tripla (triple bottom line) - económica, social e ambiental - tanto para a gestão interna como para as necessidades de informação dos agentes externos.

Objetivos

• Analisar a influência das práticas de Responsabilidade Social na competitividade das organizações de diferentes setores da economia.

• Analisar a influência bidirecional entre o setor público local e o setor empresarial relativamente ao grau de desenvolvimento de práticas de responsabilidade social, e analisar como isto se reflete no sistema informático de contabilidade das organizações;

• Valorização das Organizações através de Sistemas de Gestão de Responsabilidade Social (SGRS);

• Influenciar as políticas de responsabilidade social e de desenvolvimento sustentável em Portugal;

• Influenciar o processo educativo de responsabilidade social.